Existem coisas da nossa essência que caminham com a gente durante a vida inteira, não é mesmo? A empolgação com materiais escolares novos, o nervosismo do primeiro dia de aula, a ansiedade que só uma final de interclasse desperta, a animação para o início das férias e a euforia da virada do dia 24 para o dia 25 de dezembro são inesquecíveis.

Essa euforia do Natal, para muitos, é estritamente ligada ao recebimento dos presentes “trazidos pelo Papai Noel”. E, mesmo agora, quando você tem uma nova aquisição, o sentimento é o mesmo. Esse cuidado e atenção que você tinha nos primeiros dias (ou horas) com seus brinquedos novos se refletem agora, com sua bike nova.

É difícil segurar a vontade de tirar ela da loja e sair desbravando as trilhas mais desafiadoras por aí, a gente sabe! Mas antes de colocar seu “Modo Benve” nos pedais, existem cuidados essenciais que você deve prestar atenção para que suas pedaladas sejam mais duradouras e seguras. Essa consciência serve tanto para as bikes novas quanto para aquela sua magrela veterana de guerra, ok? Dá uma olhada:

 

#01 Guarde sua bike do jeito certo: mesmo os quadros e acessórios mais tecnológicos não têm poder indestrutível. O excesso de exposição ao tempo pode danificar alguns elementos, por isso, prefira guardar sua bike em locais cobertos da chuva e sol excessivos, bem como de produtos oxidantes ou que levam a corrosão das peças.

 

#02 Mantenha a magrela suspensa: essa é uma dica 2 em 1. Além de economizar espaço em casa, o modo suspenso de armazenamento garante também a durabilidade da sua bike. Seja no teto ou na parede, existem várias ideias para guardar sua bike, mesmo dentro do apartamento. É importante observar, nesse caso, que as rodas e os pneus não encostem na superfície, a fim de não sujá-las.

 

#03 Limpeza é essencial: a gente garante que manter a sua bike limpa é muito menos trabalhoso e mais divertido do que fazer faxina semanalmente em casa. Por isso, não economize esforços para limpá-la de maneira periódica e, assim, garantir sua durabilidade. Esse cuidado não tem nada de extraordinário. Com detergente biodegradável, solvente e removedor específico, escova, panos e água você soluciona rapidamente o excesso de sujeira. Uma dia é iniciar a limpeza com mais propriedade no conjunto de transmissão, depois passar para as correntes, cassetes, pedivelas, polias e assento. Depois, passe para os demais acessórios: pastilhas, pneus, piscas, faróis e manoplas.

 

#04 Evite lavagens com pressão: ainda na parte da limpeza (viu como é essencial?), a lavagem manual é a melhor opção. Máquinas tipo lava-jato, por exemplo, não são recomendadas, por mais práticas que pareçam. Se for utilizar algum equipamento para dar aquela “mãozinha”, opte por mangueiras caseiras com fluxo de água baixo, isso evita que a tinta descasque, entre outras coisas que podem acontecer com a alta pressão da água.

 

#05 Sempre lubrifique: essa dica é regra para quase todos os utensílios de ferro, alumínio ou materiais semelhantes. Basicamente é a lubrificação da bicicleta que garante a performance, desde os passeios urbanos até competições de mountain bike. Molas pequenas, base do canote (que sustenta o selim) e principalmente as correntes precisam estar sempre lubrificadas para garantir o bom funcionamento da sua magrela.

 

#06 Atenção aos pneus: mesmo as partes mais “brutas” e fortes da sua bike merecem atenção especial. Além de mantê-los limpos, é essencial a calibragem frequente, que garante boa performance, maior aderência, segurança, conforto e, acima de tudo, longevidade para sua bike. 

 

E aí, você já tem esses cuidados com a sua bike? Se não, vai ter com a próxima? Nunca é tarde para cuidar de quem sustenta seu espírito aventureiro! Essas são apenas algumas dicas e, para te ajudar ainda mais, a Benve te dá algumas recomendações bônus:

 

  1. Repare imediatamente qualquer rachadura;

  2. Cuide também da pintura;

  3. Mantenha as manoplas limpas e em bom estado;

  4. Sempre teste os freios;

  5. Faça ajustes e check-ups regularmente na Benvenutti Bikes.